A ESTÉTICA BARROCA DAS ROSAS

Por Rejane de Souza, colunista do Nísia Digital.

A beleza efêmera das rosas
Tão plena de exuberantes pétalas
Que se desmancham em segundos
Diante de um toque descuidado

As folhas e os galhos
Suaves e frágeis cristais
Mas forte e agressivo
Os espinhos na pele
Vertem sangue!

Roseiras tão harmoniosas
Tão irregulares
Natureza paradoxal

Ah que estética barroca tão humana a das rosas!

Publicidade

O que tem a nos dizer?

...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *