POLÍCIA MILITAR DÁ DICAS PARA SEGURANÇA NO CARNAVAL

Por Redação, da Tribuna do Norte.

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte preparou uma cartilha de dicas para a população durante o Carnaval. As sugestões são no sentido de evitar acidentes, tumultos e possíveis roubos durante os festejos. Para a PM, o álcool é o principal responsável pelos acidentes neste período, mas é importante que todos os cuidados sejam tomados para evitar problemas. Confira as dicas abaixo.

Cuidados pessoais
– Tenha sempre à mão telefones importantes e de emergências. Não ande com todos os seus documentos ou todos os seus cartões de crédito. Apenas se não houver extrema necessidade;
– seja educado e gentil com as pessoas, evite discutir com estranhos, você não sabe qual será a reação deles;
– evite carregar bolsas ou sacolas grandes. Deve-se conduzi-las na frente do corpo e segurar bem as alças;
– caso perceba que está sendo seguido, ande mais rápido e entre em algum estabelecimento comercial, acione a PM através do 190;
– informe a Polícia Militar qualquer situação que você achar suspeita. A PM está presente em todos os municípios do RN e tem por objetivo garantir sua segurança. Sua colaboração é importante;
– evite usar caixas eletrônicos em lugares isolados;
– não use carteira nos bolsos de trás. Carregue seu celular da maneira mais discreta possível;
– não deixe objetos de valor dentro do veículo. O ladrão pode danificar o veículo para tentar pegá-los;
– não estacione em lugares sem iluminação ou de pouco movimento. Evite namorar ou ficar conversando dentro do carro à noite;
– bebida e direção nunca combinam. Ao ingerir bebida alcoólica sua percepção diminui e você pode não voltar com sua família para o seu lar.
Em casa
– Dificulte possíveis ações de delinqüentes, coloque trincas e travas de segurança nas janelas e portas, de preferência na parte interna do imóvel;
– quando for realizar uma viagem demorada, peça alguém conhecido e de confiança (vizinho ou parente) para visitar sua casa com o objetivo de demonstrar presença de pessoas. Peça para tirar as correspondências e limpar a frente da casa;
– procure conhecer os seus vizinhos, eles podem ser grandes aliados através de auxílio mútuo. Tenha o telefone deles e informe o seu para uma possível necessidade;
– nunca informe via sites de relacionamentos a sua intenção em viajar. Oriente seus familiares quanto a isto;
– se você mora em condomínio fechado ou edifício, nunca deixe as chaves na portaria;
– próximo ao muro, não deixe objetos como escadas, cadeiras, tijolos empilhados, ou outro meio que facilite a entrada e saída de sua propriedade. Muitos arrombamentos ocorrem pelos acessos dos fundos da casa;
– se possível, desligue a campainha. Ela tem sido usada para certificar se há ou não alguém dentro da casa;
– evite deixar lâmpadas acessas durante o dia, isso indica ausência de pessoas no local;
– procure carregar as malas e bagagens para o seu carro em horário de menor movimento na sua rua.
No local de passeio
– não converse com estranhos. Evite passar informações pessoas como tipo de trabalho, bens que possui etc.;
– evite carregar muito dinheiro, jóias, objetos de valor ou outra coisa que ostente valor econômico;
– não dê carona para estranhos, mesmo que seja hóspede do mesmo estabelecimento hoteleiro;
– procure saber o local do posto policial mais próximo, anote o telefone do hotel onde esteja hospedado;
– evite caminhar nos horários em que não há movimento, principalmente em lugares desconhecidos. Procure andar acompanhado e evite ruas mal iluminadas;
– evite procurar objetos, celular ou se maquiar quando estiver sozinho dentro do carro. Não permaneça dentro do carro quando ele estiver estacionado, procure sair o mais rápido possível;
– se algum desconhecido informar que seu carro foi batido ou avariado vá acompanhado de outra pessoa para confirmar a situação, caso seja verdade, avise o órgão competente;
– não reaja a assaltos. Evite fazer gestos bruscos que possam ser confundidos como reação da sua parte. Mantenha-se calmo. Quando possível, telefone para o 190 e procure a delegacia mais próxima para registrar a ocorrência;
– em caso de furto ou roubo de seu veículo, entre em contato o mais rápido possível com as centrais de polícia (190)  e informe o maior número possível de dados sobre o veículo (placa, cor, modelo, ano, outros). Estes números são padrões em todo o país
Acidentes de trânsito – como evitar:
– Efetue revisões periódicas;
–  Nunca dirija após ingestão de bebidas alcoólicas;
–  Utilize cinto de segurança;
–  Esteja sempre ALERTA;
–  Mantenha distância de segurança em regra de 2 segundos do veículo da
frente;
–  Adapte a velocidade às condições de segurança;
–  Antecipe-se e sinalize todas suas intenções;
–  Evite freadas ou mudanças bruscas de direção;
–  Não confie cegamente em semáforos ou na indicação de outros
motoristas;
–  Não revide a provocações no Trânsito, SEJA VIVO!
Como agir nos casos de acidentes de trânsito
Sem vítimas:
– Retire os veículos da via IMEDIATAMENTE ou sinalize o local;
–  Registre  a  Ocorrência,  preferencialmente  acompanhado  da(s)  outra(s)
parte(s)  envolvida(s),  na  companhia,  batalhão  ou  base  comunitária  da
Polícia Militar mais próxima do local, de seu trabalho ou de sua casa;
– Evite  Discussões,  anote  Nome,  RG  e  CNH  e/ou  (Marca/Modelo,  cor  e
Placas)  do  veículo  e  Registre  a  ocorrência.
– Registre  a  ocorrência  no  mais  curto  espaço  de  tempo  possível,
preferencialmente com todas as partes envolvidas presente;
–  Caso os veículos não se locomovam LIGUE – 190.
É importante observar:
– Registre todos os detalhes com relação ao acidente, como horário, local
exato com referências, condições da via, sinalizações locais, etc;
–  Procure identificar pessoas que tenham testemunhado o fato;
–  Registre a ocorrência. Este é o primeiro mecanismo legal para resolução
do problema;
Com vítimas:
– Acione o socorro especializado –  192 (SAMU), transmitindo: local exato,   tipo de
acidente  e o  número de vítimas;
–  Procure informar a condição visual que as vítimas se encontram;
–  Sinalize e isole o local com os meios disponíveis para evitar outros
acidentes;
–  Acione a Polícia Militar –  190;
–  Não mexa ou transporte à vítima, exceto quando for necessário para a
manutenção de sua vida e com equipamentos para sua  imobilização;
–  Procure acalmar a vítima e peça para que permaneça imóvel;
–  Um transporte inadequado pode ocasionar uma lesão mais grave do que
a vítima já tinha em decorrência do acidente

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>