AÇÃO DA “RONDA POÉTICA” EM NÍSIA FLORESTA É REALIZADA COM ÊXITO

O projeto “Todo dia é dia de poesia”, articulada pela professora Rejane Souza – ação realizada no Centro Pastoral de Nísia Floresta, dentro da programação da “Ronda Poética” da Fundação José Augusto – em parceria com a Paróquia Nossa Senhora do Ó, a Biblioteca Comunitária Dona Mariinha e Stúdio na Ponta do Pé – foi muito bem acolhido pela região.

Durante todo o dia, passaram mais de 100 crianças e jovens e pessoas da comunidade pelo espaço, que ofereceu ao público: recitais poéticos, oficinas criativas, contação de história e projeção de curtas. As ações focalizaram o gênero poesia nas mais diversas linguagens.

O evento contou com a importante colaboração do Padre Ajosenildo Nunes, Cynara Cardoso – Dani Calixto – Wilton Silva. A comunicação ficou sob a responsabilidade do editor do Nísia Digital, Agripino Junior.

IMG_6374

Foto: Agripino Junior/Nísia Digital

Estudantes da Escola Municipal Maria Dolores – do Centro – e da Creche Balão Mágico -de Tororomba – estiveram presentes e participaram, ativamente, das ações interativas propostas pela equipe organizadora. O sucesso do evento demonstra que a cultura precisa ter lugar cativo nessa região.

Toda ação que possibilite uma aproximação com o bem cultural livro e a escrita deve ser sempre estimulada, pois, mesmo de forma fruitiva, estimula, de forma prazerosa e espontânea, o desenvolvimento das competências leitoras dos participantes, pois como define Novaes (2000) :  “Poesia é também imagem e som. As palavras são signos que expressam emoções, sensações, ideias… através de imagens (símbolos, metáforas, alegorias…) e de sonoridade (rimas, ritmos…). É esse jogo de palavras, o principal fator da atração que as crianças têm pela poesia, transformando em canto (as cantigas de ninar, cantigas de roda…). Ou pela poesia ouvida ou lida em voz alta, que lhes provoque emoções, sensações, impressões, numa interação lúdica e gratificante”.

Viva a poesia!

Em breve uma galeria de fotos estará disponível no blog.

Por Rejane de Souza
 Para o Nísia Digital

O que tem a nos dizer?

...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *