JUSTIÇA DETERMINA EXCLUSÃO DE “POSTAGENS PATROCINADAS” DE PRÉ-CANDIDATA EM NÍSIA FLORESTA

As “postagens patrocinadas” do Facebook foi mais uma forma que a empresa criou para faturar com os milhares de usuários da rede social. O sistema é simples: o internauta faz um investimento para que determinada publicação ou página alcance um número maior de pessoas.

Recurso usado rotineiramente por empresas de vários ramos, ele deve estar bastante presente nas eleições municipais deste ano, visando a popularização dos candidatos e de suas propostas na internet. Entretanto, a Justiça Eleitoral está de olho e ciente que há um prazo para que possa ser utilizado.

No último dia 10 de junho, a juíza Renata Aguiar de Medeiros Pires determinou que fossem retiradas duas publicações patrocinadas do perfil pessoal da pré-candidata a prefeita de Nísia Floresta, Rosangela Galiza de Vasconcelos, sob multa caso houvesse descumprimento. A mesma obedeceu e apagou os posts citados.

A determinação serve de alerta para os demais pré-candidatos da cidade e do estado, que pretendem utilizar o recurso disponibilizado pela rede social, antes do período da campanha eleitoral.

Confira a decisão na íntegra, na imagem abaixo – extraída da edição de 16 de junho do Diário da Justiça Eletrônico:

Diário da Justiça Eletrônico 16 06 2016

Da Redação
 Do Nísia Digital

O que tem a nos dizer?

...