JOGADOR POTIGUAR MORRE EM TRAGÉDIA AÉREA ENVOLVENDO DELEGAÇÃO DA CHAPECOENSE

Familiares confirmaram a morte do volante José Gildeixon Clemente de Paiva – conhecido como Gil, de 29 anos, que estava no avião que transportava a delegação da Chapecoense à cidade de Medellín, onde a equipe disputaria a final da Copa Sul-Americana. O avião caiu na madrugada deste terça-feira (29).

gil

Foto: Laion Espíndula

Até o momento, a tragédia resultou em 76 mortes entre jogadores, diretores e o técnico da equipe de Santa Catarina, além de jornalistas e tripulantes. Foram 5 sobreviventes: Alan Ruschel (lateral da Chapecoense), Jakson Follmann (goleiro), Danilo (goleiro), Rafael Henzel (jornalista) e Ximena Suarez (comissária).

Na casa da família – no município de Nova Cruz, os entes queridos de Gil estão reunidos lamentando a morte do mesmo, que deixa esposa e duas filhas. O atleta era natural da cidade de Santo Antônio.

Da Redação / Do Nísia Digital
 Com informações do G1-RN

O que tem a nos dizer?

...