DOIS SUSPEITOS SÃO PRESOS E 5 MORREM EM AÇÃO DA DEICOR EM TABORDA

Em uma coletiva de imprensa realizada, na manhã desta segunda-feira (05), em um auditório na sede da Secretaria de Segurança e Defesa Social (SESED) foram detalhados os resultados de uma ação de policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) que resultou no desmantelamento de uma organização criminosa que explodia e roubava caixas eletrônicos no Estado. No sábado (03), a Polícia Civil descobriu um sítio na localidade de Taborda, na cidade de São José do Mipibu, que era usado pelos integrantes do grupo para armazenar itens como artefatos explosivos e armas.

Na ação do sábado, a Deicor prendeu em flagrante George da Silva Bessa, 30 anos e Emanuela Macedo Medeiros da Costa, 18 anos. No local foram apreendidos farto material para ser usado em no mínimo 20 ações criminosas, que seriam realizadas em agências do Estado do Rio Grande do Norte. 

05-12-armas-que-estavam-em-poder-da-quadrilha-2

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Deicor conseguiu chegar até o local e efetuar as prisões graças ao apoio da população, que usou o Disque Denúncia 181. “Esperamos que a sociedade continue nos ajudando a localizar criminosos. Esta parceria entre Polícia e população é fundamental. Pedimos que mais informações sejam enviadas para que possamos realizar mais prisões”, afirmou o delegado geral da Polícia Civil, Claiton Pinho. Quando a equipe da Deicor chegou ao local, foram recebidos por tiros disparados pelos suspeitos e houve um confronto. Nesta ação, cinco suspeitos que estavam no sítio vieram a óbito. Foram eles: Francisco Canindé Jerônimo, 35 anos; Paulo Eduardo de Oliveira, 45 anos; Antonio Ribeiro da Silva, 31 anos, Gilmar da Cruz Silva, 30 anos e Dilandio Coelho da Silva.

05-12-explosivos

Foto: Divulgação/Polícia Civil

No total, foram apreendidos pela Polícia: 5 fuzis, sendo quatro de calibre 7,62, e um de calibre 5,56; 2 espingardas calibre 12; 1 submetralhadora 9 milímetros; 9 pistolas de diversos calibres (380, 40 e 45), farto material explosivo pronto para uso; 7 carros, sendo alguns clonados e outros roubados; 2 tabletes grandes de crack; centenas de munições de fuzis, pistolas e submetralhadoras; 17 baldes cheios de grampos utilizados para furar pneus; diversos capuzes pretos; luvas; gandolas; botas; R$ 740,00 reais e dinamites preparadas para serem usadas em algum estabelecimento bancário. Investigações preliminares da Deicor apontam que o arsenal utilizado pelo grupo possa ter sido utilizado em aproximadamente 20 assaltos que aconteceram em vários Estados do Nordeste. Exames balísticos nas armas apreendidas, no sábado (03), podem comprovar as referidas ações.

Confira ainda vídeo divulgado pela Polícia Civil, apresentando o material apreendido:

O que tem a nos dizer?

...