GOVERNADOR MUDA DE IDEIA E A PENITENCIÁRIA DE ALCAÇUZ NÃO SERÁ DESATIVADA

No calor das rebeliões de janeiro deste ano, quando pelo menos 26 detentos morreram durante confrontos, o governador Robinson Faria disse à imprensa que tinha o desejo de desativar a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta. Entretanto, durante uma visita à unidade nesta terça-feira (16), o gestor estadual afirmou que o local será totalmente recuperado e reestruturado.

Foto: Bethise Cabral

“Alcaçuz não passa apenas por uma restauração, mas está sendo reconstruída dentro de uma nova doutrina”, disse Robinson. O governador afirmou ainda que o Plano Diretor do Sistema Penitenciário, que ainda está em fase de elaboração, irá detalhar o funcionamento futuro do presídio.

Na época das sangrentas rebeliões, quando o Rio Grande do Norte teve grande destaque negativo na imprensa nacional e mundial, Robinson Faria disse: “A construção de Alcaçuz nesse local foi um grande equívoco, porque é uma área de geografia turística”. Ele falou ainda sobre a vontade de extinguir a unidade ao término da construção de 3 novos presídios.

A antiga ideia do Governo Estadual em desativar Alcaçuz fez com que o prefeito de Nísia Floresta, Daniel Marinho surgisse com a ideia de transformar a unidade prisional em um local para formação profissional e de visitação. Na época, inclusive, Daniel participou de vários programas de rádio e televisão para falar sobre o tema.

Da Redação / Do Nísia Digital

O que tem a nos dizer?

...

error: Content is protected !!