NÍSIA FLORESTA: 208 ANOS DE MEMÓRIA QUE RESISTE NA CONTRAMÃO DA HISTÓRIA

Em 12 de outubro de 1810 nascia Dionísia Gonçalves Pinto, que posteriormente adotaria o pseudônimo de Nísia Floresta Brasileira Augusta. Filha mais ilustre das terras de Papary, que mudou seu nome para homenagear a mesma, Nísia é considerada uma das mais notáveis mulheres de letras do Brasil.

Com um pensamento a frente de seu tempo, a escritora, poetisa e feminista fez história ao lutar contra a desigualdade, a favor do empoderamento das mulheres, entre outras causas sociais que continuam atuais nos dias de hoje.

A seguir, confira a homenagem do blog Nísia Digital, escrita pela nossa colaboradora, a professora Rejane de Souza:

Uma mulher aguerrida de muitas faces no Brasil proclamou

Os direitos a mulheres na educação, na profissão, no jornalismo e no amor.

Que a cultura patriarcal, machista, com autoritarismo sem pudor, a elas negou.

 

Nísia Floresta não se intimidou, viajou por sete mares, de vasto conhecimento se alimentou.

Imprimiu um legado literário com ousadia e dedicação que desperta pesquisadores no Brasil e em outras nações.

 

Hoje, a sua obra é objeto de tese, mestrado, monografia, ensaio e poesia…

Porém na sua terra ainda há uma pesquisa tardia da literatura dessa Mulher que

tanto valor principia.

 

E a missão do poeta é sempre anunciar que o Aniversário de Nísia Floresta merece evento espetacular.

Quem sabe, um dia, não seja preciso informar o imenso valor dessa mulher.

Pois nos quatro cantos do Brasil a sua vida e obra será currículo obrigatório em todas as escolas.

 

Rejane de Souza – 12 de outubro de 2018

O que tem a nos dizer?

...