Onze praias continuam impróprias para banho na Grande Natal

Redação
Diário de Natal


Persiste o banho inapropriado em onze praias na região metropolitana de Natal. O resultado do novo boletim sobre a balneabilidade no Rio Grande do Norte, divulgado hoje (7) pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte, permanece o mesmo da semana passada.

Na capital são cinco praias com alto índice de coliformes fecais. O estudo da balneabilidade, segundo o IFRN, compreende a medida das condições sanitárias objetivando a classificação em “própria” ou “imprópria” para banho, em conformidade com as especificações da resolução Conama nº 274/2000.

Semanalmente, o IFRN, numa parceria com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), analisa as condições de balneabilidade. “O relatório de hoje repete a mesma classificação encontrada na semana anterior. Esta classificação das praias, cuja coleta foi realizada ontem (6), pode ser considerada válida até a emissão do próximo boletim, prevista para a próxima sexta-feira, dia 14”, disse o professor e geólogo Ronaldo Fernandes Diniz.

Ao todo, são monitoradas 30 praias entre Extremoz e Nísia Floresta, a norte e sul de Natal, respectivamente. Atualmente as praias impróprias para banho são: Pirangi do Sul, em Nísia Floresta; Rio Pium, Pirangi do Norte e Balneário Pium, em Parnamirim; Mãe Luíza, Praia do Forte, Redinha (foz do Rio Potengi, barracas e Igreja), na capital e Redinha Nova (espigão), Barra do Rio e Graçandu, em Extremoz.

O que tem a nos dizer?

...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *