PRINCIPAIS TEMAS ABORDADOS NA SESSÃO DA CMNF DESTA QUARTA-FEIRA (12)

Por Agripino Junior, do Nísia Digital.

DSCN4240Com a presença do antropólogo e morador da cidade há cerca de trinta anos, Osmar Medeiros, a Câmara Municipal de Nísia Floresta – CMNF – realizou mais uma de suas sessões ordinárias na manhã desta quarta-feira (12). Novamente com mais de 30 minutos de atraso para o seu início, a sessão contou com algumas preposições importantes por parte de alguns parlamentares. É justo frisar que o número de requerimentos já se aproxima dos 300, apenas neste primeiro semestre de 2013. Na oportunidade, o secretário de transportes e viação, Cide Ferreira, falou sobre a sua pasta, mas isso será tema de outra reportagem do Nísia Digital.

O primeiro requerimento que merece destaque foi o do vereador Eugênio Gondim, onde ele pede que a Prefeitura Municipal busque um convênio com a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Cidadania para que seja implantando o projeto “ronda nas escolas”, nas instituições públicas de ensino de Nísia Floresta. Segundo o parlamentar, o projeto já vem surtindo efeitos significativos em outras cidades e não se trata dos policiais fazerem vistorias entre alunos, professor e funcionários, mas sim que, com a constante presença deles, possam trazer mais ordem para os colégios, mostrando que autoridades policiais estão atentas.

DSCN4249

Na sessão anterior, o vereador Eugênio, reforçando um antiga luta de muitas pessoas, solicitou que fosse construído um memorial em homenagem à escritora Nísia Floresta Brasileira Augusta. Hoje, um requerimento do vereador presidente, Jorge Januário, solicitou que ao menos fosse revitalizado e melhorado o mausoléu da filha mais ilustre da cidade. Em anexo, foi uma carta escrita pelo antropólogo Osmar Medeiros, que será encaminhada à prefeita Camila Ferreira, onde fala da importância de ser preservar os feitos de Nísia Floresta e que o lugar onde descansam os restos mortais da mesma, sejam dignos e adequados para a visitação pública.

DSCN4268

Em mais uma sugestão do Sr. Osmar, o presidente da casa propôs a criação do museu da pesca artesanal na cidade de Nísia, com a justificativa de explorar o nosso patrimônio cultural protegido pelo APA Bonfim Guaraíras. Além de ser um atrativo turístico e sendo legado dos povos indígenas que por aqui viveram, terá potencial de preparar a rede de ensino no município do que diz respeito a ecologia. Osmar ainda se dispõe a capacitar os pescadores nisiaflorestense para atividades na indústria do turismo.

DSCN4243

Também na área da segurança, a vereadora Polyana Dias apresentou um requerimento solicitando a implantação do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), no município. Com o grande objetivo de tentar reduzir o uso de drogas e a violência entre os estudantes, por meios de policias treinados para palestrarem sobre essas temas. Segundo a vereadora, todos tem acompanhando assustado o crescimento da violência das comunidades mais afastado e também no Centro de Nísia Floresta, e que o citado programa pode contribuir para que não venhamos a perder mais vidas de forma precoce.

DSCN4269

Levantado o assunto de uma possível audiência pública sobre a temática da segurança, que foi uma proposição do vereador Rogério Trindade, foi dito que problemas na agenda podem dificultar a presença do secretário estadual no debate. Sendo assim, o vereador Eugênio Gondim propôs que todos os vereadores marcassem uma audiência com o secretário, convocando também a imprensa local e natalense, para que possa discutir sobre o tema e o que poderia ser feito para aumentar a segurança na cidade. O presidente Jorge afirmou que estão vendo a questão da audiência, mas que achou muito válida a ideia de Eugênio e que isso pode ser estudado.

DSCN4242

Antes de começarem as perguntas ao secretário e ao sub-secretário de transportes, Eugênio ainda voltou a fazer críticas ao programa Conversando com José Maria, atração dos sábados da rádio local, FM Executivo 87,9. Dentro desse tema, nossa redação obteve a informação que esse embate entre a casa legislativa e a rádio ainda pode render muito. A assessoria jurídica da CMNF está se preparando para tratar da suposta declaração que teria sido feita no programa de rádio. Do outro lado, o apresentador nega ter falado o que foi dito em plenária e também irá acionar os seus advogados.

A Câmara ainda informou que tentará trazer o secretário de agricultura e pesca, Anadelson Gadelha, antes do recesso parlamentar que terá início no próximo mês, para que o mesmo também possa falar sobre suas ações e projetos na respectiva pasta do executivo municipal.

Publicidade

O que tem a nos dizer?

...

5 comentários sobre “PRINCIPAIS TEMAS ABORDADOS NA SESSÃO DA CMNF DESTA QUARTA-FEIRA (12)

  1. joão

    Hoje, é vergonhoso tomar conhecimento que a Câmara Municipal de Nísia Floresta tem esse montão de projetos nesse semestre do ano e nada se fez em prol da população de nosso município, para o melhoramento da vida dos cidadãos, nem na educação, nem na saúde, nem na geração de emprego, renda e nem no bem estar, o que se pode sentir na maioria é que a população vive o tempo todo a mercês dos descasos e do abandono, e também, quando se há privilégios quem apenas se favorecem é o sistema coronelista (os ferreiras), infelizmente em pleno século XXI, este poder na realidade ainda não foi extinto em nosso município, apenas se modernizou. Pelo que se vê atualmente a falta de educação, acentua a ignorância política dessas elites que se permeia ao nosso redor, e, também, não se vê interesse desses governantes em oferecer uma boa educação para os cidadãos, pois com a falta de educação o povo se transforma em massa de manobra dessa elite dominante.

  2. Everton Gomes

    Concordo com vc João… O povo tá farto desse blá blá blá…. Projetos que não saem do papel… Cadê a prática? E o concurso? Cadê a secretaria da juventude?… Vergonha dessa cidade, a prefeita ninguém vê… Só papai. E um montão de vereadores, q parecem não ter o que fazer. Chega de blá blá blá… Abaixo família ferreira. Obrigado professor José Maria pelo espaço do povo nessa rádio, esse sábado será ainda melhor.

  3. Katarina

    Projetos, projetos, projetos e mais bláblá, na prática que é bom NADA!
    E ainda por cima perdendo tempo “que já é bem pouco”, falando sobre uma emissora de rádio só pq estão encomodados com as criticas contra eles!!!

  4. Ajosenildo

    Só no primeiro semestre mais de 300 proposições, solicitações, projetos ou seja lá o que for, encaminhados pelos vereadores, ou seja, os vereadores de “certa forma” estão mostrando seu interesse em fazer “alguma coisa”, mas nada adianta se o poder executivo não não faz sua parte. Vereadores vamos cobrar de forma mais incisiva as ações do poder executivo, ou vão ficar o mandato todo nesse joguinho, vocês fingindo que estão trabalhando e o povo fingindo que acredita?

  5. ariosvaldo albuquerque

    PODEMOS CHAMAR DE “SOFISTAS” ALGUNS VEREADORES, NADA SAIRA DO PAPEL SABE PORQUE? JÁ ESTÃO VENDIDOS, E COMENDO AMARRADO, MAS ESTÃO PASSANDO BEM O POVO QUEM ESTA NO PASTO SECO, PORÉM ALGUNS REQUERIMENTOS, PROJETOS SÃO COLOCADOS APENAS PARA O POVO PENSAR QUE ELES ESTÃO PREOCUPADOS COM SEUS PROBLEMAS MAS SÓ SE PREOCUPAM CONSIGO E COM SUA CONTA BANCARIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *