REJANE SOUZA SE DESTACA NA CENA LITERÁRIA DO RN

É certo que, para quem acompanha a travessia da professora Rejane Souza, sabe bem do trabalho que ela desenvolve com dedicação e compromisso na área de educação/cultura e literatura, ao longo de seus 30 anos no serviço público.Ações que não delimitam um determinado lugar, pois a mesma atuou na maioria de seu tempo em Natal, na SEEC/RN.  E um dos principais foco de atuação é na área de literatura. Fato que iniciou desde quando era estudante de Letras/UFRN no final dos anos 80.

Isso tudo é para justificar os frutos que a mesma vem colhendo após é longo semear.De 2012 para os dias atuais, ela se envolveu em importantes projetos: cuidou e presidiu o texto base da primeira versão do Plano Estadual do Livro e Leitura quando fazia parte da equipe CODESE/PROLER/SEEC/RN. Foi uma das biografadas pela filha de Câmara Cascudo, a escritora Ana Maria Cascudo (in-memoriam) o que rendeu o II volume do Livros “ Mulheres Especiais”.

Recentemente,foi indicada, pela Comissão do Guarujá/SP, para coordenar o III Encontro Nacional do Mulherio das Letras que vai ocorrer no RN em 2019. Recebeu a Comenda por um RN Mais Leitor, da coordenadora geral do Proler, diante do trabalho de incentivo e promoção do livro, leitura e bibliotecas pelo RN. E nesse dia 12/12/2019, participou do lançamento da Coletânea do Livro “TantoCanto: versos, artes e prosas”. Trata-se de um livro organizado pela ALAMP: Associação Literária e Artística de Mulheres Potiguares, com mais de 50 autoras, em que a professora Rejane Souza se figura como autora participante, na área de prosa.

A seguir, confira imagens da participação de Rejane no evento:

O que tem a nos dizer?

...